< voltar

Crescendo

04 Outubro
Estimulando o cérebro com móbiles

Estimulando o cérebro com móbiles

O cérebro do seu bebê está em constante evolução. O período da gestação não é suficiente para finalizar a formação, por isso, grande parte do desenvolvimento cerebral ocorre nos primeiros meses de vida fora da barriga da mamãe. O desenvolvimento depende da nutrição, estímulos do ambiente e fatores genéticos. As vivências geram mudanças funcionais e anatômicas que determinarão uma parte do que é chamado de personalidade e inteligência. Os estímulos são válidos para gerar um cérebro saudável e bem capacitado. O que podemos fazer? Seu bebê precisará de estímulos ambientais apropriados para criar suas sinapses. É importante que todas as vias sensoriais sejam exploradas: o tato, visão, audição, paladar e a percepção de equilíbrio e movimento. Existem diversas brincadeiras e brinquedos apropriados para cada fase desse aprendizado. Um quarto funcional que ofereça segurança e aconchego, objetos apropriados para a idade, interação com os pais e amigos são os principais aliados nesse desenvolvimento. Segundo o neurologista Leandro Teles, especializado pela Universidade de São Paulo: “O cérebro dos pequenos é nutrido por vivências simples e diversificadas. Cada padrão gera um padrão neurológico que enriquecerá o arsenal de memórias, gostos pessoais e fortalecerá o desenvolvimento da cognição e da afetividade”. Os móbiles são considerados brinquedos multissensoriais. Eles oferecem um ótimo estímulo para os bebês, principalmente de 1 a 6 meses de vida, pois eles gostam de estruturas grandes, coloridas, com sons e cores. Ressaltamos que os móbiles não devem ser a única fonte de estimulo, outros brinquedos com formas, cores, sons, texturas e tamanhos devem ser utilizados para ajudar nessa fase. Historinhas, cantigas e brincadeiras que explorem partes do corpo são boas ideias também. Cuidados na hora da escolha 1- Verifique se o produto tem certificação do Inmetro se é adequado para a idade dele. 2- Tome cuidado para não escolher móbiles muito pesados, em caso de acidentes eles podem machucar o bebê. 3- Evite peças muito pequenas, em caso de acidentes elas podem ser ingeridas pelo bebê. 4- Ajuste a altura do produto de acordo com o crescimento do bebê, evitando que fique muito próximo dele. 5- Os modelos coloridos e com música clássica são os mais indicados para bebês menores, pois além de entreter, relaxa e acalma o bebê. Fonte: Lillo - Dicas Práticas