< voltar

Cuidando

22 Agosto
Alimentação saudável sem reclamações

Alimentação saudável sem reclamações

Os casos de crianças que se recusam a comer, principalmente os alimentos mais saudáveis e nutritivos, são muito comuns. E, muitas vezes, na tentativa de ajudar, os papais e mamães acabam tomando iniciativas que podem acabar atrapalhando ainda mais a relação dos pequenos com a comida. Veja algumas dicas que podem ser muito úteis para acabar de vez com essa batalha: Dê o exemplo Você já deve ter lido muito por ai que o seu pequeno se espelha em você em tudo, e com a alimentação não é diferente. Se ele vê os pais ou os cuidadores se alimentando mal será mais difícil que ele entenda o porquê dele ter que se alimentar bem. Explique a importância de cada alimento Muitas vezes nem os adultos sabem quais são e para que servem os nutrientes de cada alimento. Uma pesquisa rápida pode te ajudar a ficar por dentro e conseguir explicar para o seu pequeno. Saber que um alimento o ajuda a enxergar melhor, por exemplo, pode ser um belo incentivo. Evite ameaças Trocas, castigos e ameaças não são o melhor caminho. Assim, ele começa a criar a impressão de que comer é algo negativo e desagradável, e não como algo prazeroso. Obedeça os horários das refeições É importante que o intervalo entre as refeições seja o suficiente para que a criança possa sentir fome novamente. Verifique também as quantidades para evitar exageros nos lanches e para que as refeições mais importantes (café da manhã, almoço e jantar) sejam mais completas. Seja transparente Não tem problema tentar camuflar alguns alimentos misturando com outros ou batidos em sopas, por exemplo. Mas é importante que esses mesmos alimentos também sejam oferecidos separadamente para que as crianças possam identificá-los. Não desista Há uma teoria que diz que devemos oferecer os alimentos às crianças no mínimo 10 vezes. Esse é o número de vezes necessárias para saber se ela realmente gosta ou não do alimento. Se não deu certo na primeira vez, tente oferecer de outras maneiras. Aos poucos o paladar delas começam a se acostumar aos novos sabores. Alguma técnica funcionou com o seu pequeno? Divida com as outras mamães nos comentários :)   Fonte: UOL