< voltar

Cuidando

13 Outubro
Cigarro e gravidez: entenda os riscos

Cigarro e gravidez: entenda os riscos

O cigarro é um dos principais inimigos da gravidez. Mas você sabe por quê? Enquanto está na barriga da mamãe, o bebê absorve tudo que está no sangue. Por isso, tudo que acontece no corpo da mulher acaba afetando também o pequeno. Assim, quando a mãe fuma, além do oxigênio na corrente sanguínea, está presente também o monóxido de carbono, uma substância tóxica liberada na fumaça do cigarro. Os riscos são altos principalmente no primeiro trimestre. As consequências podem ser um aborto natural, sangramentos, descolamento da placenta, parto prematuro e até problemas de saúde congênitos para o bebê. Além disso, a nicotina presente no cigarro estreita os vasos sanguíneos, o que faz com que menos nutrientes cheguem ao bebê, afetando o peso e o desenvolvimento do bebê. E não é só o bebê que corre riscos, a saúde da mamãe também pode ser afetada. Naturalmente, durante a gestação há uma pressão maior nas veias abdominais que combinada com o estreitamento dos vasos sanguíneos pode causar uma trombose*. Se não tratada rapidamente, ela pode trazer problemas mais sérios, como embolia pulmonar e trombose na placenta. Mamães, esses são riscos que você pode prevenir. Pense sempre na saúde do seu bebê e, é claro, na sua! *Trombose: formação de coágulos dentro da veia. Fonte: Guia do Bebê