< voltar

Cuidando

25 Outubro
Como está esse bocão? Cuidados com a saúde bucal

Como está esse bocão? Cuidados com a saúde bucal

Nasceram os dentinhos, depois de um tempo eles caíram e as responsabilidades com a saúde bucal precisam ser redobrados, certo? Os pequenos passam por muitas transformações nos primeiros anos de vida, e o cuidado com a boquinha deles é essencial em todas as fases para um futuro muito sorridente.

Em outubro celebramos o Dia Nacional da Saúde Bucal, e para ajudar mamães e papais com a rotina de higiene bucal das crianças, trazemos algumas dicas para colocar em prática agora. Vamos nessa?

 

A primeira dentição

A partir dos seis meses, os primeiros dentinhos já despontam nos bebês, trazendo incômodos e novos cuidados com a saúde bucal. É indicado, a partir deste momento, já usar uma escova de dente pequena e de cerdas macias, com creme dental com flúor na quantidade equivalente a um grão de arroz.

Os dentes de leite têm a função de abrir espaço para os permanentes, além de ajudar na nova alimentação dos pequenos. Normalmente, dos três aos seis anos, as crianças têm em média 20 dentinhos, e com o desenvolvimento, meninas e meninos começam a mostrar primeiras “janelinhas”.

Até os 18 anos, a nossa boca ainda está em formação, sendo os dentes do siso os últimos permanentes a nascerem.

 

Cuidados essenciais

Você sabia que mamar no peito, além de proporcionar ao bebê nutrientes muito importantes para o desenvolvimento, favorece a estrutura e fortalecimento da musculatura e ossos da face? Isto ajuda a evitar problemas de formação na região, além de colaborar para o posicionamento correto dos dentes.

Chupeta, dedo e mamadeiras interferem no posicionamento adequado, levando a problemas sérios de mastigação, fala e até respiração. Outro vilão da saúde bucal é o açúcar, que aumenta as chances de cárie nos pequenos – e ninguém merece este problema, ainda mais os pimpolhos!

Escovar os dentes e língua após as refeições, além de sempre fazer uso de fio dental é muito importante para a higiene bucal. Incentive o seu filho sendo um exemplo de limpeza e transformado, também, este momento em algo divertido. Muitas empresas que cuidam da saúde têm linhas especiais infantis que deixam esta hora mais gostosa!

 

Saúde bucal das grávidas

Com a alteração constante de hormônios, as grávidas têm impactos significativos na saúde bucal que chegam, em casos extremos, a impactar o bebê. Mas é preciso cuidado, pois muitas informações não são verídicas e a consulta com um dentista é fundamental para tirar dúvidas.

Com a diminuição da saliva por alterações hormonais, os dentes de grávidas ficam mais expostos e propícios à cárie. As futuras mamães devem ficar alertas, pois estas bactérias podem cair na corrente sanguínea e provocar ou atrapalhar parto prematuro ou atrapalhando o desenvolvimento do bebê.

Inflamações fazem com que o corpo libera citocina e prostaglandinas, substâncias que induzem o parto, por isso é importante sempre ficar de olho na saúde da gengiva para evitar problemas.

 

Visite o seu dentista

Não há um consenso sobre quantas consultas por ano uma pessoa com a saúde bucal perfeita deva fazer, mas alguns estudos indicam que a cada seis meses é importante investigar como está a sua boca.

Com os pequenos, acompanhe cada fase de perto, respeitando o desenvolvimento e diferentes necessidades da criança.

Tem alguma história inspiradora ou conhece uma mamãe ou papai que amariam estas dicas? Compartilhe o texto em suas redes sociais e inspire a sua rede.

 

Fontes:

http://portalms.saude.gov.br/saude-para-voce/saude-da-crianca/acompanhando-a-saude-da-crianca/dentes-saude-bucal

https://saude.abril.com.br/medicina/6-mitos-e-verdades-sobre-a-saude-bucal-das-gestantes/

https://novo.folhavitoria.com.br/saude/noticia/09/2018/16-milhoes-de-brasileiros-vivem-sem-nenhum-dente-e-especialista-alerta-sobre-a-saude-bucal-infantil

http://bvsms.saude.gov.br/ultimas-noticias/2531-25-10-dia-nacional-da-saude-bucal

https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/10/140930_vert_fut_dentista_dg