< voltar

Cuidando

20 Março
Coronavírus: como cuidar das crianças?

Coronavírus: como cuidar das crianças?

A pandemia do novo coronavírus está trazendo muitas dúvidas sobre os cuidados que devemos ter para prevenir a doença. Diversas informações estão surgindo e sendo compartilhadas na internet, mas nem tudo o que lemos e vemos nestes canais é verdadeiro. Pensando nisso, nós da Tip Top trazemos o depoimento do dr. Jayme Murahovschi, um dos maiores especialistas em pediatria do Brasil, para te explicar o que fazer para proteger seus pequenos. 

Você pode assistir o vídeo em nossas redes sociais ou ler o depoimento na íntegra abaixo:

“Nós estamos recebendo uma enxurrada de informações, algumas corretas, outras não tão boas. Assim. a gente vai aprendendo, mas ao mesmo tempo isso confunde. O coronavírus é um vírus infeccioso, isto é, ele causa infecção. Então como agir em relação às nossas crianças?

Como pediatra, eu destacaria dois caminhos que são unidos. Primeiro evitar o contágio de grupos. A criança não deve participar de aglomerações porque a gente nunca sabe como estão as pessoas que estão nesses grupos. O segundo ponto é evitar o contágio pessoal. Evitar pessoas que apresentem sintomas de gripe ou aquelas que, mesmo não tendo nenhum sintoma, acabam de voltar de viagem a países nos quais o coronavírus predomina fortemente. 

Nós também temos que nos proteger. Como? Lavando as mãos com frequência com água e sabão, usando álcool em gel e evitando contato com objetos utilizados por pessoas que possam ter colocado os mesmos próximos de boca, nariz e olhos, que são os lugares de mais fácil contaminação. 

Além de evitar o contágio, temos que aumentar a imunidade individual. Aliás, isso faz parte da prática pediátrica desde sempre. Nós temos ouvido e visto em vídeos, pessoas que se dizem entendidas e que estão receitando “soros para imunidade”, não acredite em nada disso. O que vale são as medidas que sempre foram indicadas.

A alimentação adequada começa com o aleitamento materno. Você já deve ter ouvido alguém falar que se a mãe estiver resfriada ou gripada, é um perigo amamentar, mas os benefícios do leite materno sempre são superiores aos seus riscos. Então, se a mãe estiver assim, ela pode continuar amamentando, mas deve lavar bem as mãos e usar máscara. O aleitamento materno exclusivo deve ir até os seis meses de idade. A partir daí a criança começa a entrar aos poucos na alimentação familiar, desde que essa alimentação seja adequada. Isto é, ela deve incluir legumes, verduras e frutas, uma proteína de qualidade, carne magra - mas não todos os dias - peixe, frango, ovo e tomar cuidado para evitar excesso de doces, açúcares, farinhas refinadas e gorduras saturadas.

Quando a gente fala em alimentação, estamos pensando em saúde. E saúde implica em ter um peso adequado para a idade da criança. Então a criança deve ser estimulada a ter atividades físicas adequadas à sua idade. Quando a gente fala em brincar, já estamos falando de atividade física moderada. E de acordo com a idade da criança - que começa já no recém-nascido - é muito importante. Então além da alimentação, a atividade física é outro ponto fundamental para a saúde da criança e, portanto, mais um fator para evitar o coronavírus.

Já está começando a campanha de vacinação contra a gripe. Não deixe que a preocupação com o coronavírus faça você esquecer a vacina. Felizmente, para a gripe Influenza nós temos vacina. A Influenza é perigosa, maltrata a criança e tem uma mortalidade bastante significativa. Não deixe de vacinar e vacine rapidamente as suas crianças.

Saibam que as crianças devem ter uma vida saudável. E com essa vida saudável e recebendo atenção afetuosa dos pais, eles terão também uma vida feliz, mesmo com essa pandemia de coronavírus”.

Essas foram as dicas do médico pediatra Jayme Murahovschi. Lembre-se que, em caso de dúvidas sobre o coronavírus, confie apenas em fontes seguras, como especialistas em medicina, grandes veículos de imprensa, órgãos governamentais e a Organização Mundial da Saúde.

Vamos cuidar da nossa saúde e também dos nossos pequenos!