< voltar

Cuidando

07 Março
O desafio diário de ser mulher

O desafio diário de ser mulher

Donas de casa, professoras, advogadas, diaristas, médicas, empresárias, vendedoras, secretárias, publicitárias e mães. Trabalho, casa, janta, reunião, contas, estudos, família, marido, namorado, filhos, TPM, viagens, sonhos, ler um livro, assistir uma série, balança, academia, tempo... Mas, peraí! Que tempo? Pois é! Muitas mulheres se dividem em mil para conseguirem conciliar a sua vida profissional com a pessoal. O conceito de mulher, dona de casa, mãe e esposa mudou. As mulheres ainda podem ser mães, esposas e dona de seu lar, porém, junto a tudo isso, estão no mercado de trabalho atuando de forma efetiva em diversas funções. As conquistas são constantes, e as quebras de tabus, diárias. Hoje, vamos contar um pouco desses desafios, como podemos superá-los e, claro, também vamos homenageá-las! 

 

O desafio diário de ser mulher e mãe
A maternidade é um sonho para muitas mulheres, mas nem sempre é fácil conciliar este sonho com outros. No primeiro momento, tudo é lindo, encantador e novo. A notícia se espalha rapidamente pela família e junto vem as descobertas até o nascimento. Mas, por outro lado, começam a vir os anseios, os medos, as inseguranças, as possíveis perdas e as preocupações com o parto. Depois do parto, vem o puerpério - período de transformações e, muitas vezes, mais sentimentos conflitantes sobre a maternidade.

Não é fácil ser mulher e mãe: ouvir os palpites de todo mundo sobre como criar o seu filho, não sentir ânimo pra se cuidar ou fazer coisas que costumava fazer, depois de um dia cansativo ou noite mal dormida, equilibrar este novo papel com a sua personalidade, sem se anular. Afinal, dizem que quando um bebê nasce, também nasce uma mãe, e quando elas saem com seus filhos da maternidade, parece inevitável não vestir uma capa de supermãe - e acabar se esquecendo de quem intimamente são. Não é por mal, é justamente por saber que, agora, outra pessoa depende totalmente de você. O desafio é grande e a pressão que às vezes nós mesmos acabamos colocando em cima de nós, é maior ainda! Mas, permita-se errar e acertar quantas vezes forem necessárias. Ninguém é perfeito ao ponto de fazer tudo certo. Mas lembre-se, "mãe" não é uma identidade, e você ainda é um ser humano com necessidades e desejos. Afinal, dentro de toda mãe existe uma mulher!

 

O desafio diário de ser mulher e profissional
Além de todos os desafios e as dificuldades que as mulheres, historicamente enfrentam no mercado de trabalho, espera-se  um superpoder: conciliar as diversas áreas da vida.

Mas também, né? São tantas coisas a se fazer e tudo parece precisar ser feito ao mesmo tempo! Porém, na verdade, você é um ser humano como qualquer outro, e tá tudo bem parar e respirar. Mesmo com o peso de uma vida profissional que é a base financeira para a sua vida ou da sua família, não existe perfeição e nem eficiência todo o tempo. Por mais que você dedique seus esforços, nem tudo no mundo está sob o seu controle, por mais que você queira!

Então, se dê a chance de falhar, e não exija de você o impossível: está ok se, em determinada fase, você se dedicar mais à carreira, tá tudo bem se você quiser passar mais tempo com a família e não for a mais ambiciosa do escritório; pode acontecer com todo mundo de, às vezes, precisar mudar o ritmo para cuidar da própria saúde. O equilíbrio é uma conquista maravilhosa que todos buscam, mas não é do dia pra noite que iremos conseguir - e, ao contrário do que dizem, ninguém no mercado de trabalho nasce com esse superpoder. Afinal, dentro de toda profissional, existe uma mulher.

 

O desafio diário de ser mulher e você mesma
Infelizmente, vivemos em um mundo em que mulheres são postas o tempo todo em rankings e classificadas por seu “tipo de beleza”. Assim, é absolutamente normal crescer achando que precisa ser a mais bonita. Mas existe um pequeno detalhe que, convenientemente, esqueceram de contar: as mulheres não estão no mundo para "enfeitar". Não precisam seguir a última moda, estarem sempre maquiadas, não comer aquele docinho que tanto amam, usar aquele salto que dói só de lembrar. Tudo bem se você quiser! Mas só se quiser. Antes disso, vocês são indivíduos complexos, com muitas qualidades, interesses, sonhos e sentimentos. Tem direito a muito mais do que uma vida buscando uma perfeição ou um reflexo que agrade no espelho. Tem direito de ser você mesma. Afinal, dentro de toda mulher, existe um ser humano.

Este, é só mais um capítulo das batalhas constantes que as mulheres enfrentam todos os dias pelo simples de fato de serem mulheres. Não é fácil e nunca foi. Porém, quando olham para trás conseguem visualizar o quanto são fortes, guerreiras e lutam pelas conquistas! A luta não para por aqui. Parabéns para vocês que são tudo isso e mais um pouco.

Até  a próxima! :)

 

Fonte: Canção Nova | Abril | Pais & Filhos | EBC | Exame | Sempre Família | Bonde | IG | Resultados Digitais