< voltar

Cuidando

17 Outubro
Orgânicos na mesa

Orgânicos na mesa

Mais do que nunca tem se falado no consumo de alimentos orgânicos. Que eles são mais saudáveis, isso não há dúvidas, mas o valor mais altos ainda contam muito orçamento da maioria das famílias. Uma pesquisa publicada pelo British Journal Of Nutrition provou que até carnes e laticínios orgânicos tem um teor 50% maior de ômega 3, ácido graxo ligado ao desenvolvimento neurológico. O problema é que, em média, custam 47% a mais que os alimentos comuns. Mas cuidado! Há um fato muito importante que devemos prestar máxima atenção: nem todo produto vendido como orgânico, realmente é. Vale sempre conferir a certificação no mercado, verificar se tem o selo federal do SisOrg e, também nas feiras, se os vendedores são certificados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Já em casa, para diminuir o efeito dos agrotóxicos, lave bem todos os alimentos com água e detergente neutro. No caso de verduras, despreze as folhas que estiverem fora do maço, elas geralmente concentram mais produtos químicos. Confira mais alguns motivos para consumir orgânicos: Evita problemas de saúde causados pela ingestão de substâncias químicas tóxicas; Mais nutritivos e saborosos; Evita a erosão do solo e restaura a biodiversidade; Ajuda os pequenos agricultores; Possui selo de certificação, garantindo que você adquira produtos mais saudáveis e isentos de qualquer resíduo tóxico. Produtos que compensam investir: 1- Pimentão 2- Morango 3- Pepino 4- Alface 5- Cenoura 6- Abacaxi 7- Beterraba 8- Couve 9- Mamão 10- Tomate Fonte: Revista Crescer