< voltar

Cuidando

17 Outubro
Vacina: a proteção garantida

Vacina: a proteção garantida

É comum escutarmos que prevenir é melhor do que remediar, não é mesmo? E a vacinação funciona mais ou menos desta maneira, sendo uma das principais ações para controle de doenças. No mês de outubro é comemorado o Dia Nacional da Vacinação que ressalta em todo o Brasil a importância desta simples e importante ação para a sociedade.

Para as mamães e os bebês, há uma preocupação ainda maior para garantir uma saúde perfeita. Conversamos com o pediatra Dr. Wladimir Lorentz para saber quais as injeções indispensáveis neste ciclo de vida. Confira abaixo as orientações e fique de olho na carteirinha de vacinação!

 

Quais vacinas importantes para as futuras mamães?

Segundo o pediatra, não existe vacina que não seja essencial. Mas para as grávidas, três se destacam. A primeira é da hepatite B, que deve ser dada caso não tenha sido tomada antes ou caso a gestante não demonstre imunidade ao vírus.

A outra dose importante para garantir a saúde da futura mamãe e do bebê é contra coqueluche, que faz parte da TDPA. A cada gestação a mulher precisa tomar uma nova dose, evitando contrair as doenças e colaborando para o fortalecimento da imunidade do bebê também, passando anticorpos pela placenta durante a gravidez.

A simples vacina da gripe também é uma boa aposta para que não se tenha comprometimento da imunidade durante os nove meses. O Dr. Wladimir alerta também um cuidado extra para a família: “É importante ressaltar que todas as pessoas que estarão em contato com o recém-nascido também estejam em dia com as vacinas de gripe e TDWA.”

 

Vacinas para bebês

Logo após o nascimento, os bebês são imunizados do vírus da hepatite B, o que ajuda a prevenir a transmissão. A primeira vacina de HBV, que também é aplicada nos primeiros momentos de vida, dá início a uma série de outras doses que serão administradas nas primeiras semanas do pequeno, como a pneumococo, influenza B, TDPA e a pólio.

É sempre importante consultar o pediatra do seu filho para entender o calendário de vacinação. A Dra. Lívia del Mônaco salienta que há algumas recomendações especiais para prematuros ou crianças que nasceram com baixo peso.

“A BCG é contraindicada em bebês com menos de 2 kg. Mas se essas crianças ao chegarem a um mês de vida não atingirem o peso ideal podem receber a dose.” - Dra. Lívia del Mônaco.

 

Procure sempre um médico

Saúde é algo muito sério, ainda mais com os pequenos que acabaram de chegar ao mundo, não é mesmo? E para que o seu bebê cresça saudável e cheio de energia, busque sempre auxílio de um profissional da saúde. Faça todas as perguntas, entenda o calendário de vacinação e não esqueça de informar ao pediatra o histórico do seu pequeno, como possíveis alergias ou histórico do peso.

Compartilhe este texto nas redes sociais, você poderá ajudar muitas mamães e papais. Com muito carinho e com estas dicas, você curtirá cada momento do seu bebê com muita disposição e felicidade!