< voltar

Saindo da rotina

13 Julho
Como a música pode ajudar no desenvolvimento dos pequenos

Como a música pode ajudar no desenvolvimento dos pequenos

Já há algum tempo, a música vem sendo usada como uma ferramenta interessante no desenvolvimento das crianças. Os ritmos e sons podem impulsionar a criatividade, a sensibilidade e a coordenação motora dos pequenos.

Quer conhecer mais sobre os benefícios que a música pode entregar para a sua família? Continue a leitura desse texto e coloque todas as nossas dicas em prática!

 

Começando pelo desenvolvimento cognitivo

A música é sempre interpretada pelo nosso cérebro, então, quanto mais rica for em sons, harmonias e ritmos, mais os pensamentos dos pequenos serão estimulados. Portanto, é interessante sempre ampliar e apresentar novas canções para as crianças.

Desde o comecinho da infância, a alfabetização pode ser apoiada por músicas infantis — principalmente aquelas que apresentam rimas e palavras repetidas, já que a criança se acostuma e começa a descobrir o significado de cada expressão.

As melodias também despertam a concentração e o raciocínio, já que apresentam diferentes tempos, ritmos, pausas e sons, mostrando, assim, que existem outros discursos além da linguagem simplesmente falada.

 

Passando para a consciência corporal

A consciência corporal também pode ser estimulada pelas músicas que ouvimos. A criança aprende como coordenar seus movimentos de acordo com aquilo que está tocando.

Um momento musical, em casa, é muito mais que uma brincadeira: pode se tornar um ótimo exercício físico. E repare, seu filho vai tentar dançar ou batucar no ritmo da música! Você também pode oferecer brinquedos musicais como um complemento à diversão.

 

Incluindo a segurança emocional

As músicas também têm o poder de confortar, criar lindas memórias e ensinar os pequenos — mesmo antes de estarem em idade escolar. Lembra aquela música que você tanto gostava quando era criança? Então, em algum momento durante o seu desenvolvimento ela te deu segurança emocional.

Algumas canções, como as conhecidas cantigas infantis, podem falar sobre amizade, perdão, cooperação e empatia. Sem contar que ajudam as crianças mais tímidas a expressarem seus sentimentos.

 

Colocando a música para rolar

Pais e mães podem usar a música, desde os primeiros dias dos pequenos, como forma de comunicar momentos específicos. Confira as dicas que separamos para algumas situações do seu dia a dia:

 

Hora da brincadeira

As brincadeiras ficam sempre mais divertidas com música! Que tal relembrar as coreografias de quando você era criança? Fazer gestos repetitivos ajudam na coordenação motora e percepção dos pequenos.

Lembra como a Dona Aranha subia pela parede? Então, chegou a hora de ensinar todos esses movimentos para o seu filho! Hoje em dia, não faltam opções de vídeos infantis para te ajudar, hein?

 

Hora do banho

Depois de uns três meses de idade, os pequenos já começam a entender que ficar na água pode ser uma brincadeira divertida. Para criar um vínculo afetivo e estimular sensações diferentes, experimente criar uma playlist para a hora do banho.

Também é interessante, para as crianças maiores, utilizar brinquedos apropriados e interagir com as músicas. Imagine como essa dinâmica fica gostosa em um piscininha inflável, com água morna, em um dia de calor.

 

Hora de dormir

Crie um ritual diário para que a criança compreenda que chegou a hora de fechar os olhinhos e descansar. Cerca de vinte minutos antes do momento de dormir, comece a tocar uma sequência de músicas suaves, como canções de ninar.

Não precisa ser nada muito complicado: vale a família cantar baixinho e colocar as músicas em uma playlist no próprio celular. Também é interessante apostar sempre na mesma sequência de melodias — e no mesmo horário.

Conhece alguma outra brincadeira musical que pode ajudar no desenvolvimento dos pequenos? Conte para nós, vamos adorar compartilhar com várias famílias!

 

Fonte: Babycenter